KIKO DINUCCI  [guarulhos/sp]

Kiko Dinucci é um músico inconformado, herdeiro direto de um Itamar Assumpção ou um Jards Macalé, esses grandes artistas da música brasileira que atrelam sua pesquisa artística ao seu temperamento avesso a tendências, instigador. Sua trajetória artística é das mais peculiares da moderna música brasileira e ainda precisa ser melhor entendida, afim de compreender-se a própria extensão e potência de seu projeto artístico.

Seu trabalho dialoga diretamente e de forma paralela e misturada com a musicalidade paulista e paulistana, inserida em uma tradição que abrange músicos como Adoniran Barbosa, Paulo Vanzolini, Geraldo Filme, Raul Torres de um lado, e compositores contemporâneos como Itamar Assumpção, Luiz Tatit, Wandi Doratioto. De outro lado, resgata certas tradições da musicalidade africana um tanto esquecidas atualmente, como a de tradição religiosa. Esse cruzamento entre o que há de mais legitimamente paulistano e a música da diáspora africana é expressa em seus projetos. Kiko Dinucci se expressa de forma plural, trafega por vários estilos, tudo amarrado dentro de uma linguagem nitidamente voltada para o samba e signos do rock alternativo. E de certa forma, é na música que dá força e ordem a toda suas preocupações estéticas, seja ao lado da cantora Juçara Marçal (A Barca), com a qual lançou o álbum “Padê”, com o Duo Moviola, com o Bando Afromacarrônico, ou com seu trio Metá Metá com Thiago França e Juçara Marçal.

 

_Discografia:

Kiko Dinucci “na boca dos outros” - 2010 (Desmonta)

Kiko DInucci e Juçara Marçal - “padê” - 2008 (Independente)

Kiko Dinucci e Bando Afromacarrônico “pastiche nagô” - 2008 (Desmonta)

 

_Links relacionados:

site

facebook

soundcloud

 

 

  • Facebook Square
  • Twitter Square
  • Soundcloud Square
  • YouTube Square
  • Instagram Square

contato: clique aqui          |         shows: clique aqui        |             web: mnth